Economia do Noroeste Paulista está em recuperação

31 de dezembro de 1969

A recuperação da economia está sendo sentida pelos empresários do Noroeste Paulista. É o que indica da Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista, realizada entre os dias 30 de novembro e 14 de dezembro de 2020 com a participação de 80 empresários da região nas posições de sócios, CEOs ou alta direção.

Do total de participantes, 66,25% indicaram que as empresas estão com a receita maior do que em 2019, mesmo com a pandemia. Na pesquisa anterior, realizada no último mês de setembro, o índice chegou o 58,30%.

O índice de empregabilidade foi um dos que mais aumentou em relação à pesquisa passada. Dos participantes, 76,25% disseram que vão gerar novos postos de trabalho, contra 53,40% na apuração de setembro.

A instabilidade causada pelo Covid-19 leva 75% dos empresários a acreditar que os negócios estarão normalizados em um período de até seis meses. No primeiro levantamento este percentual chegou a 71%.

A carga tributária continua sendo apontada como o principal entrave para o crescimento dos negócios. Esta foi a resposta de 40% na pesquisa atual e 38,40% no levantamento anterior.

A maioria dos empresários, 55%, acredita em retração de 3% no PIB brasileiro este ano. Na pesquisa anterior a queda apontada por 43% era de 6%. Em relação à 2021, a maioria absoluta dos empresários do Noroeste Paulista, 60%, acredita em um crescimento de 3% do PIB.

As reformas Administrativa e Tributária (46,20%) se também como o tema que mais preocupa os empresários em relação ao cenário econômico atual. Em seguida vem a crise internacional/saúde (26,30%), e o cenário político (15,00%).

No Noroeste Paulista, Educação e Infraestrutura precisam de atenção, 40,00% e 33,75%, respectivamente. Na pesquisa anterior, os tópicos apontados foram Educação e Política. Nacionalmente, de acordo com os empresários, as reformas Administrativa e Tributária são as mais preocupantes.

Do total de entrevistados, 90% dos empresários acreditam que a Reforma Tributária será aprovada, mas a maioria (50%) mudou a expectativa para o segundo semestre de 2021.

“A Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista é uma importante fonte de informação ao revelar as percepções e a realidade dos nossos empresários”, afirma Marcos Scaldelai, presidente do LIDE Noroeste Paulista. “Temos proporcionado a nossos filiados o contato direto com especialistas de diferentes áreas para debater temas importantes e essenciais para a evolução dos negócios, fortalecemos ainda mais o networking e os encontros de negócios, sempre preocupados com o desenvolvimento de nossa região.”

Avaliação dos governos
Os empresários também tiveram a oportunidade de avaliar a atuação dos gestores públicos municipais, estaduais e federais. Quando questionados, 58,75% dos participantes disseram aprovar a eficiência gerencial do governo municipal, índice que chegou a 54,46% na pesquisa anterior.
Em relação a gestão do governo estadual, houve redução na aprovação. Na avaliação anterior o índice chegou a 37,25% no atual foi de 31,25%.

A maior queda na avaliação governamental foi em relação do Governo Federal. A aprovação passou de 40,60% da pesquisa anterior para 31,25% no atual levantamento.

Todo o trabalho é realizado com apoio da Didáctica e supervisão da Award Auditores Independentes para garantir transparência e a confiabilidade das informações.

Para a acessar na íntegra a Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista, basta clicar aqui.

Sobre o LIDE Noroeste Paulista
Fundado no Brasil, em 2003, o LIDE – Grupo de Líderes Empresariais é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais, que se preocupam em sensibilizar o empresariado brasileiro para a importância de seu papel na construção de uma sociedade ética, desenvolvida e consciente. Atualmente, o Grupo conta com unidades regionais, internacionais e setoriais, totalizando 40 frentes de atuação. Presidido por Marcos Scaldelai com apoio do vice-presidente Fabricio Vaccari, o LIDE Noroeste Paulista é formado por 118 empresas filiadas no Noroeste Paulista que, juntas, faturam mais de R$30 bilhões ao ano. Além de 105 jovens empreendedores filiados ao LIDE Futuro Noroeste Paulista e 52 mulheres em posição de liderança no LIDE Mulher Noroeste Paulista.